quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Eu posso não ser o que você esperava, mas a gente não escolhe o que quer sonhar quando coloca a cabeça no travesseiro.
E que atire a primeira pedra quem não gosta de sonhar aqui. Eu posso não ser tudo o que você precisava, mas a gente vive e morre sem saber do que realmente
precisamos. Eu posso não bastar, então que baste apenas o meu amor por você. Eu posso não ser um monte de coisas, mas tenho certeza de tudo aquilo que sou: um céu
alaranjado, uma noite de lua cheia ou um banho de mar, e posso ser tudo mais que você quiser que eu seja. Muito tempo se passou, muita coisa eu vivi e você, fez e poderia voltar a fazer parte da minha melhor época.

Nenhum comentário:

Postar um comentário